Lecitina de Soja – Ajuda na memória?

Lecitina de Soja – Ajuda na memória?

Lecitina de soja, é um dos muitos tipos de alimentos que podem melhorar nossas vidas. Por exemplo, a soja é um bom aliado em termos de memória. Alguns estudos publicados em revistas científicas mostram que existe uma relação entre a lecitina de soja e a preservação e melhoria da memória.

Isso ocorre porque a lecitina é rica em fosfatidilcolina, uma substância formada por fósforo e colina. Este último é importante para o cérebro porque protege a bainha nervosa, que é a camada protetora das células nervosas. Quanto mais essas substâncias em nosso corpo, melhor a preservação de nossas memórias.

Lecitina de soja aliado da Memória

Ou seja, é um grande aliado da memória, usado para suplementação e demências que é o caso do Alzheimer. Estes suplementos não são superiores a nenhum medicamento. O processamento é a certeza do resultado, a suplementação é algo extraído dos alimentos e tem um efeito benéfico.

Para pacientes que sofrem de perda de memória a lecitina de soja é indicado apenas como uma suplementação extra. Pois ele ajuda e aumenta o funcionamento das funções cognitivas, vale ressaltar que cada pessoa sente os benefícios de uma maneira.

O motivo é que a soja no Brasil geralmente é geneticamente modificada, ou seja, geneticamente modificada e também rica em isoflavonas (semelhantes aos hormônios femininos). Portanto, vale a pena considerar suplementar a pureza dos grãos na embalagem. Quanto mais puro, melhor o efeito no corpo.

Sendo assim, a lecitina de soja é barata e saudável. É um bom complemento para eliminar doenças que podem danificar a memória “, disse um nutricionista. Além disso, Ele falou sobre outros benefícios da substância: pode diminuir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL); ajuda a Para a função hepática, retardar o envelhecimento e prevenir o diabetes.

Mas a lecitina de soja sozinha causa esses efeitos, especialmente no cérebro? não. Outros alimentos também podem causar esses efeitos. Existem vários tipos: nozes, castanhas, farelo de trigo, azeite, abacate, brócolis, quinoa, couve-flor, leite de vaca e peito, ovos, peixe de água fria, camarão e carne.

A lecitina de soja é apenas contra-indicada para quem é alérgico à soja. No entanto, antes de comprar suplementos, é melhor procurar um especialista. Se sua perda de memória interromper suas atividades diárias, é hora de nomear um neurologista.

O que causa a perda de memória?

Muitas coisas podem causar perda de memória, como distúrbios de humor (se a pessoa tem depressão ou ansiedade, é difícil reter informações), hipotireoidismo, falta de vitaminas, doenças sistemáticas, infecções, uso de álcool e outras drogas, E outros tipos de demência.

Para mantê-lo “atualizado”, aprenda novas atividades. Levar uma vida estável socialmente é uma boa maneira de estimular suas funções cognitivas e manter suas lembranças sempre ativas por muitos anos.

Quando devo ficar em alerta? Quando o esquecimento não deixa você executar as tarefas usuais; o comportamento e a linguagem mudam. É sempre recomendado que busque avaliação de um neurologista caso você venha sofrendo de esquecimentos repentino.

Portanto, o histórico familiar também deve ser levado em consideração, caso tenha pessoas na família que sofram de outras doenças relacionados a esquecimento, muito provável que o problema seja hereditário.

Compartilhe nosso post.

Mostre seu Sentimento!
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *