O que é o mau hálito?

O que é o mau hálito?

Não é muito agradável conviver e ser aquelas pessoas que possuem o mau hálito. Hoje você entenderá quais são as principais causas que podem levar os indivíduos a terem halitose e como tratar.

Dificilmente exista alguém que nunca tenha convivido com um indivíduo com halitose, você sempre percebe em uma conversa e consegue sentir aquele cheiro forte. O mais complicado é que a própria pessoa, às vezes, não tem noção de que está com mau hálito. 

Essa questão é um empecilho em todos os aspectos da nossa vida, é necessário falar e no contato interpessoal isso acaba atrapalhando demais. Por isso, é importante ter um acompanhamento no plano dental, o especialista poderá ajudar o paciente com esta condição.

Entendendo a causa o problema possivelmente poderá ser solucionado, não vai ser eficiente se apenas o mau hálito for sanado, é necessário que o especialista trate a causa deste problema desde a raiz, porque assim ele não retornará.

O que pode estar causando mau hálito?

Uma das perguntas mais intrigantes é quais são as causas das pessoas passarem por este problema. Uma delas que é mais comum, é a pessoa ter a amígdala muito grande. 

As amígdalas são duas glândulas que se localizam na garganta, antigamente as operava com bastante frequência.

Existem pessoas que têm amígdalas com fendas, essas fendas acumulam alimentos e o alimento fica podre e velho. Esse acúmulo passa a ser conhecido como caseum, é como se fosse uma bolinha branca ou amarela que quando sai e aperta é possível sentir um cheiro ruim.

Isso é uma das causas pelas quais muitas pessoas têm mau hálito, pois não sabem que têm essas fendas, por isso é muito importante a ida periódica ao dentista do plano dentário. Outra principal causa são as gengivites.

Elas nada mais são do que inflamação nas gengivas pelo acúmulo de placas bacterianas, geralmente ocorre quando o paciente não realiza a higienização adequada dos dentes, fazendo com que essa placa bacteriana se acumule na região.

Além do mais, a xerostomia também pode ser considerada uma causa muito comum. Ela nada mais é do que aqueles pacientes que sofrem com a boca seca, sendo causada pela falta de saliva. 

A saliva tem um papel muito importante na boca, principalmente se tratando dos combates às bactérias e, quando existe a sua ausência, o paciente desenvolve o mau hálito. Por isso é importante fazer um acompanhamento com o plano dental bom.

Quais são os sinais ou sintomas que caracterizam o mau hálito?

Em algum momento da vida todos nós podemos apresentar o mau hálito e isso pode fazer parte do mecanismo fisiológico no momento de fome, ao acordar e durante o jejum prolongado. Esses são momentos em que o mau hálito é considerado normal.

Contudo, existem outros sintomas, que podem ser considerados patológicos, como:

  • Sangramento gengival;
  • Periodontite;
  • Cárie;
  • Boca seca;
  • Gosto amargo na boca;
  • Saliva grossa;
  • Língua branca.

Todos esses são os sinais e sintomas de desequilíbrio na cavidade bucal que precisam ser investigados, então, é importante tratá-los, utilizando o plano odontológico preços.

Vale ressaltar que não necessariamente a pessoa vai estar com mau hálito. Ela pode estar desenvolvendo tais problemas separadamente e só depois desenvolver a halitose, mas de qualquer forma, é importante o acompanhamento do profissional.

Como podemos combater o mau hálito?

Para evitar o mau hálito e evitar que fique uma situação desagradável entre as pessoas que estão ao seu redor, sabe o que você faz? Nada de jejum prolongado! Realize refeições de 3 em 3 horas. Antes de completar três horinhas, vá comer alguma coisa saudável.

Como uma fruta, principalmente se for uma maçã, quando você morde ela a própria maçã faz uma limpeza dos dentes e ao mesmo tempo refresca o seu hálito. Ainda assim, a escovação ainda será necessária.

Outra coisa legal, é a água, ingerir sempre um gole de água, limpa a boca e as bactérias não ficam fermentando muito tempo. 

O mau hálito é considerado um problema de saúde, procure um dentista do plano de saúde dental porque você pode ter desenvolvido uma cárie. É importante ter o acompanhamento do profissional nessa situação, porque ele fará um diagnóstico fechado.

Além disso, ele conseguirá iniciar o procedimento correto e irá te indicar o tratamento necessário e até mesmo se outro profissional, precisará fazer parte do seu processo terapêutico, tome cuidado com os alimentos ricos em carboidratos, ele poderá ajudar no desenvolvimento de doenças que transformam o odor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Detectamos que você está usando extensões para bloquear anúncios. Por favor, ajude-nos desativando esse bloqueador de anúncios.

 
Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock