Como a saúde bucal influencia no emagrecimento

Como a saúde bucal influencia no emagrecimento

A quantidade e a qualidade salivar, bem como a integridade dos dentes e dos tecidos periodontais são alguns dos fatores de maior importância na saúde física e mental das pessoas, principalmente quando relacionado à nutrição. Inclusive, por esse motivo, é possível afirmar que a saúde bucal e emagrecimento se relacionam.

Primeiramente, a resistência dos dentes e o bem-estar bucal afetam diretamente na alimentação, pois a cavidade é responsável, de certa forma, pelo início do processo digestivo ao processar os alimentos. 

Em conjunto, a boca e a alimentação podem ter impactos na força, disposição e até na autoestima do paciente. 

Do mesmo modo, a saúde bucal e emagrecimento também se relacionam em diversos sentidos, podendo ter, também, uma enorme influência na autoconfiança e manutenção da satisfação pessoal.

Para conservar a saúde dos dentes, os cuidados bucais devem ser constantes. No entanto, a escovação e todo o processo de higienização pode ser apenas o começo. 

Inclusive, a alimentação e a realização de tratamentos odontológicos também se mostram fundamentais para a qualidade da dentição.

Assim, as precauções com a formação óssea, os espaçamentos, o uso do aparelho dentario e até alguns dos procedimentos estéticos podem auxiliar na melhora da absorção dos nutrientes, otimizando o processo digestivo e, consequentemente, a perda peso, contribuindo para que ela ocorra de forma mais saudável.

Como a saúde bucal interfere na nutrição

A saúde bucal interfere na qualidade da alimentação na mesma proporção em que uma nutrição adequada beneficia a saúde dos dentes. 

A boca é a porta de entrada de grande parte da energia que será consumida pelo corpo e dos nutrientes mais importantes para a garantia da saúde geral do organismo. 

Conheça também:

Contudo, a cavidade também é o meio pelo qual a maior parte das doenças podem atingir e acometer o sistema, começando pelas bactérias que causam periodontite e cáries, podendo evoluir e causar problemas sérios em diversas regiões como o cérebro e o sistema cardíaco.

Por isso, garantir a saúde da cavidade bucal pode significar o bem-estar de todo o corpo. Além disso, preservar a condição dos dentes pode resultar na fortificação da capacidade de absorção nutritiva.

Por exemplo, os procedimentos de aplicação do implante dentário para corrigir a perda de um ou mais dentes, pode ter um impacto direto na qualidade da mastigação e até possibilitar a ingestão de alimentos que não eram possíveis anteriormente, como cenouras e demais comidas duras ou pegajosas, agregando mais qualidade de vida.

Do mesmo modo, os tipos de alimentos que são escolhidos pelo paciente podem ajudar a manter a saúde bucal em dia. 

Isso porque as gorduras, açúcares, vitaminas e minerais ingeridos, bem como a frequência com que são consumidos, podem afetar em uma pior ou melhor formação mandibular, modificação do esmalte dental – parte externa do dente responsável por sua proteção –, aparição de cáries, entre tantos outros fatores.

Já alguns alimentos podem ser grandes aliados no cuidado, higiene e fortalecimento dos dentes. 

O morango, por exemplo, pode contribuir com o clareamento dental natural, ou mesmo auxiliar na manutenção do procedimento estético graças à substâncias encontradas em sua composição. 

Outros alimentos que podem ajudar a saúde dos dentes são:

  • Derivados do leite;
  •  Água;
  • Oleaginosas – como castanhas e nozes;
  • Maçãs e outros alimentos fibrosos;
  • Proteínas como o frango;
  • Folhas escuras como espinafre.

Além disso, manter os dentes com toda a sua integridade, restaurando sua forma e força a partir de tratamentos como a aplicação da lente de contato dental, ortodontia ou até o acompanhamento de rotina com o dentista, pode deixar os dentes mais eficazes em sua função, auxiliando o sistema digestivo a absorver mais facilmente os nutrientes.

Saúde bucal e perda de peso

A maior relação entre a saúde bucal e a perda de peso é o equilíbrio. 

Perder peso é a constante preocupação de muitas pessoas, principalmente por razões estéticas. 

No entanto, esse processo altera muito o metabolismo e deve ser feito de forma balanceada e saudável.

Assim, é preciso atentar-se também ao ganho excessivo de peso em pouco tempo, uma vez que já foi constatado, por meio de estudos, que o desenvolvimento de doenças como a obesidade pode ocasionar o aumento da bactéria Selemonia noxia na cavidade bucal. Essa bactéria é responsável por doenças gengivais e o aumento da acidez da saliva.

Como dito anteriormente, o consumo de frutas e legumes in natura pode ser fundamental para a saúde dos dentes, mas ao preferi-los você estará, também, auxiliando no processo de perda de peso. 

Além disso, o consumo de açúcares e doces como balas, chicletes e chocolates podem propiciar o aparecimento de placa bacteriana e cáries. 

Por isso, a ingestão reduzida desse tipo de alimento colabora com a diminuição da ingestão calórica diária e com a probabilidade da propagação desse tipo de doenças nos dentes.

Inclusive, evitar alimentos industrializados pode ajudar na manutenção da higiene do aparelho transparente e outros procedimentos ortodônticos, além de evitar quebras e atrasos na conclusão do procedimento. 

Mais ainda, um fator determinante para a saciedade é o tempo que uma refeição é concluída. 

Assim, uma mastigação de qualidade se mostra fundamental para que a saliva necessária para a digestão seja liberada, bem como para triturar os produtos ingeridos promovendo uma melhor absorção dos nutrientes.

O processo de mastigação também passa a ser feito com mais qualidade, já que dores e incômodos que podem ocorrer com inflamações ou perdas dentárias são reduzidas com o cuidado correto.

Assim, a quantidade necessária de mordidas pode ser feita, aumentando o tempo da alimentação e promovendo a saciedade mais rapidamente, reduzindo o consumo excessivo ou mesmo por gula, impactando nas medidas.Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *